sexta-feira, 21 de outubro de 2011

VAMOS SALVAR NOSSAS CRIANÇAS!?

Olá meninas recebi um email do pessoal da Deva Brasil com o lançamento de uma campanha para as crianças cachaedas. Eu achei o maximo, pois super me identifiquei com o assunto.
Já sofri horrores nas mãos da minha mãe ao tentar me pentear quando eu era pequena (calma, não era maldade dela não, só que na época não existiam produtos próprios para cabelos cacheados)
Por isso resolvi compartilhar o texto que o pessoal da Deva enviou e lançar a campanha: VAMOS SALVAR NOSSAS CRIANÇAS!?

Meninas compartilhem o texto abaixo, divulguem com suas amigas e vamos evitar que mais crianças sofram com o estigma de terem "cabelo ruim" e cresçam com vergonha de seus belos cachinhos que são lindos. Eu levei anos para aceitar os meus.
 
"Quem nunca viu uma criança cacheada ou crespa chorando ou gritando ao sua mãe pentear seus cabelos?  As mães sentam as crianças e passam horas e horas desembaraçando os fios com escovas e pentes o que é uma grande tortura e motivo de sofrimento para essas meninas.
Se não bastasse sofrer com os puxões da mãe, sem poder chorar para não levar uma “escovada” na cabeça, as crianças encaracoladas, cacheadas, etc, ainda passam por vários tipos de preconceitos e engolem vários “sapos”.
As meninas de cabelos cacheados são motivo de “preocupação” desde quando nascem: “Será que terá o cabelo bom ou ruim?”,quem já não ouviu essa pergunta ao visitar um recém-nascido? Na infância, a criança busca se destacar de outros modos para evitar que seus cabelos sejam motivo assunto ou brincadeiras em meios aos amiguinhos e amiguinhas.
É triste ver o sofrimento das crianças que passam por isso e ver o sentimento de impotência da mãe que não sabe como cuidar e também não sabe como elevar a auto-estima da filha já que o modismo dos cabelos lisos rodeia toda a sociedade, inclusive o mundo das crianças.  
  Você conhece uma criança ou mãe que sofre com isso? Ela precisa aprender a cuidar da filha e dos cabelos para que a infância não seja uma lembrança negativa e sofrida e para que o destino dessas não seja o formol e o padrão liso, mas sim natural, moderno e despojado.
Vamos cuidar de nossas crianças e fazer a infância delas mais feliz"

2 comentários:

Carmen Steffens disse...

Menina, nem fale!
Já sofri muito nessa vida! rs
Mas sou muito feliz com meus cachos... não passo a prancha por naaada nesse mundo!

Adorei seu blog! Poste mais vezes!
Beijos

http://carmensteffenspiracicaba.blogspot.com

Erika Souza disse...


verdade com tantas coisas boas no mercado e elas ainda passam este constrangimento
segue de volta amiga?
http://cabelosmakeeunhas.blogspot.com.br/